Expresso Adoração

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

O DESERTO MACHUCA


Deus não examina você procurando medalhas, certificados ou diplomas, mas Sim, cicatrizes! As marcas do deserto; Os sinais de uma vida que peregrinou sob a confiança do Senhor. O deserto machuca, mas enriquece, queima a pele, mas tempera o caráter, No deserto não há supermercados, nem despensa, mas há a graça de Deus suprindo as necessidades de cada dia.
Sempre que Deus pretende usar alguém, Ele o conduz ao deserto. Para exercitá-lo nos limites da dependência.
Diante dos percalços da vida o Senhor nos promete superação, mas Ele não deixará que nada atrapalhe a nossa trajetória, de alcançarmos aquilo que é nosso por direito. Ainda que o inferno se levante e tudo pareça difícil, diga:

*Posso todas as coisas Naquele que me fortalece!(Fp.4.13)*

Deus é Por Nós!!

*Ainda que lancem palavras contrárias a sua vida; A última palavra ao meu e ao teu respeito vem do Senhor. Milagres, Providência, e toda sorte de bênçãos, estão sobre a minha e a tua vida...
Somos imerecedores sim, mas Ele é Fiel, e a Sua misericórdia nos visita todas as manhãs, tardes e noites!!!!

2017 E os Misterios dos Jubileus

POR FAVOR, repassem para muitos esse texto!!!

Não gosto de marcar datas para a VOLTA DE CRISTO, até porque as Escrituras advertem claramente para que não se faça isso, mas é evidente que Deus nos dá sinais da sua vinda.

2017 e o mistério dos Jubileus
Texto: Lv 25:8-13

“Contarás sete semanas de anos, sete vezes sete anos, de maneira que os dias das sete semanas de anos te serão quarenta e nove anos. Então, no mês sétimo, aos dez do mês, farás passar a trombeta vibrante; no Dia da Expiação, fareis passar a trombeta por toda a vossa terra. Santificareis o ano quinquagésimo e proclamareis liberdade na terra a todos os seus moradores; ano de jubileu vos será, e tornareis, cada um à sua possessão, e cada um à sua família. O ano quinquagésimo vos será jubileu; não semeareis, nem segareis o que nele nascer de si mesmo, nem nele colhereis as uvas das vinhas não podadas. Porque é jubileu, santo será para vós outros; o produto do campo comereis. Neste Ano do Jubileu, tornareis cada um à sua possessão.”

Muito tem se falado sobre o ano de 2017. Alguns até ousam afirmar que algo muito grande vai acontecer no dia 23 de setembro desse ano. Quanto a isso, aguardem a mensagem que em breve pregarei. Não quero ser dogmático, mas creio que há um mistério muito grande envolvendo os ciclos de jubileu. Escrevo esse texto com o objetivo de chamá-los ao arrependimento, e a uma vida de consagração para Deus. Por isso, peço que leiam e compartilhem com todos quantos puderem essa mensagem tão importante!
Antes de falar propriamente sobre os eventos importantes que aconteceram nos anos jubileus, inicio falando um pouco sobre o seu significado.

- O ano do jubileu inicia com o toque do Shofar, no dia da Expiação.
- Por isso, jubileu nos remonta primeiramente para a alegria: “júbilo” vem de jubileu.
- O jubileu sempre era estabelecido a partir do dia do Perdão (Yom Kippur), significando o perdão de Deus para os pecados do povo.
- O jubileu trazia liberdade na Terra para todos os seus moradores.
- O jubileu trazia a família de volta, e restituía as posses aos donos originais.
- O jubileu fala da Graça. Era ano de descanso. Não deviam semear nem colher. Deviam comer do que a terra produziria. Isso alude à salvação pela graça e não pelas obras.

Pois bem, ainda que para muitos o jubileu se refira somente ao povo judeu, eu tenho convicção de que Deus estabelece os ciclos dos jubileus para tratar com toda a humanidade na história.

Na mensagem de hoje quero pontuar os jubileus com 3 grupos que são protagonistas nos nossos dias, e nos tempos do fim: judeus, muçulmanos e cristãos.


I- 1517

1- Para judeus: foi o ano em que Suleiman o Magnifico, o Califa do Islã, e sultão do Império Otomano tomou Jerusalém em 1517.

2-Para muçulmanos: foi o ano em que o Império Otomano se levantou. Perdurou 400 anos.

3- Para cristãos: Foi o ano da Reforma de Lutero: Ano em que o movimento que revolucionou o mundo começou. Foi com a Reforma Protestante que se proclamou a salvação pela fé, e a autoridade das Escrituras.

II- 1917

1- Para judeus - O ano da declaração Balfour.

- Em 2 de novembro de 1917, o então secretário britânico dos Assuntos Estrangeiros, Arthur James Balfour, dirigiu ao líder da comunidade judaica do Reino Unido, o Barão Rothschild, uma carta que deveria ser transmitida à Federação Sionista da Grã-Bretanha.
- Essa foi a primeira declaração oficial emitida por uma potência a favor da criação de um lar para o povo de Israel.

- Foi, também, o ano em que Jerusalém deixou de estar debaixo do império Otomano e passou a estar debaixo do domínio inglês.

2- Para muçulmanos

a- Perdem o domínio da Palestina.
b- Chega ao fim o Império Otomano.
c- Chega ao fim o poder do Califado Muçulmano.

3- Para cristãos

a- O massacre contra os Armênios pelos Turcos (1915-1917).
b- A Revolução Russa acontece. Nasce o império que se levantou contra a fé, que foi responsável pela morte de milhões de pessoas, e que tolheu a liberdade de milhões. Seus tentáculos permanecem até hoje influenciando a visão cosmológica de muitos, incluindo até mesmo cristãos professos.

III- 1967

1- Para judeus: o ano em que Deus salvou Israel milagrosamente das mãos dos seus inimigos, e devolveu Jerusalém para o povo judeu.

2- Para muçulmanos: perderam o controle sobre a cidade de Jerusalém, mas mantiveram o controle sobre o Monte do Templo.

3- Para cristãos: o ano em que começou o movimento carismático na Igreja Católica.

- Milhões começaram a ter sede pela palavra de Deus, pelo mover do Espírito Santo; movimento esse que ainda perdura na Igreja Romana.

IV- 2017

1- Para judeus: O ano em que a profecia dos 10 Jubileus do Rabbi Judah Ben Samuel termina.
- O Rabbi Judah Ben Samuel (1140-1217) foi um lendário rabino alemão que fez algumas previsões surpreendentes e específicas sobre o futuro de Jerusalém e Israel, que se tornaram realidade.

a- Ele profetizou o império Turco Otomano, dizendo que duraria 8 jubileus ou 400 anos. Passados 300 anos da sua morte, O Império Otomano nasceu em 1517, e durou até 17 de dezembro de 1917, quando o General inglês Edmund Allenby tomou Jerusalém exatamente na festa do Hanukkah. (exatamente os 8 jubileus ou 400 anos).
- O Hanukkah celebra a vitória milagrosa dos Macabeus contra os gregos, e fala de como Deus multiplicou o azeite da Menorah por 8 dias.

b- Ele profetizou que durante o Nono jubileu Israel se tornaria “Terra de Ninguém”.

- Com o mandato Britânico em 1917, Israel ficou subordinada a leis internacionais e se tornou uma terra de ninguém. Somente depois da Guerra dos 6 dias, em junho de 1967, Israel tomou toda a região da Cisjordânia e reconquistou toda a cidade de Jerusalém para controle total do estado de Israel, o que não acontecia desde o ano 70.
- No dia da Conquista, o Rabino Shlomo Goren entrou tocando Shoffar, como se fazia no ano do jubileu, tendo ele 50 anos de idade.

- A profecia se cumpriu exatamente.

c- Por todo o décimo jubileu Israel teria o controle de Jerusalém, significando o início do fim dos tempos messiânicos.

- O décimo jubileu se estende pelo período de 1967-2017.
- Segundo ele, a partir de 2017, o décimo jubileu, começaria a era Messiânica.

IMPORTANTE: 2017 Foi o ano em que Israel tomou o controle do Monte do Templo para si novamente.

2- Para muçulmanos: a Turquia decide ampliar poderes de Erdogan.

- Houve a substituição do sistema parlamentar por um presidencial, que aumenta os poderes do Executivo.
- Na prática, a Turquia democrática cede espaço ao homem que quer restabelecer o poder do Califado no Mundo.
- Começou a perseguição aos cristãos na Turquia.
- As relações diplomáticas da Turquia com Israel esfriam.

- As mudanças: o cargo de primeiro ministro foi extinto.
- O presidente tem poder para nomear todos os funcionários do alto escalão, e poderá nomear um ou vários vices presidentes.
- O presidente terá 5 anos de mandato, e poderá ser reeleito 1 vez.
- O presidente terá poder de intervir no Judiciário e impor estado de emergência.

3- Para cristãos:

a- Ano em que na Europa se fala pela primeira vez em restrição de liberdade religiosa: proposta pelo novo presidente francês Emmanuel Macron.
b- Ano em que Deus tem trazido a advertência para o arrependimento.
c- Quem sabe será o ano do Arrebatamento da Igreja.

CONCLUSÃO

Não gosto de marcar datas para a volta de Cristo, até porque as Escrituras advertem claramente para que não se faça isso, já que ninguém sabe o dia e a hora da volta de Cristo. Entretanto, podemos discernir os tempos. É evidente que Deus nos dá sinais da sua vinda. Como corpo de Cristo, precisamos lutar contra o espírito de apostasia preconizado pelas Escrituras, e proclamar a Jesus Cristo como o único salvador da humanidade. Ainda há tempo!

Por Lamartine Posella

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Dor X Amor



É tão triste te ver, e não poder te tocar.
Saber que você está tão perto e ao mesmo tempo tão distante.
Perceber que você é uma realidade, mas não passa de um Sonho bom;
Eu sei, que a vida não seria capaz de me presentear.
Que o Senhor Deus arranque você de dentro de mim.
Sou humano às vezes não consigo me controlar e muito menos
Disfarçar, a vontade e o desejo de me entregar  a essa paixão.
Bate-me uma vontade de te tomar em meus braços, mas ao mesmo tempo.
Um temor  e uma vontade de me exilar.
Te ver é não te querer, é improvavél e impossivel
Ter ver e ter que te esquecer, é insuportável uma dor horrível.

sábado, 24 de junho de 2017

Paixão Não!!





Dizem que em Romance um
Ama mais que o Outro. Ah Meu Deus, como.
Eu queria que sozinho, meus pensamentos não focalizasse em alguém. Deixo-os livres, e de repente meu coração apertado passa gostar de alguém. Essa é a função do coração, mas esquecer, não. Isso é tarefa da nossa cabecinha, que, aliás, é nossa em termos: tem alguma coisa lá dentro que age por conta própria, sem dar satisfação. Renovação de mente na minha vida Senhor!! Quem dera um esforço de conscientização resolvesse o assunto: (É...) se não fosse eu sentir-me-ia contente por não estar apaixonado, por não estar contente com o mundo!  É... Só que não!
Sinto-me bem às vezes em não participar de nada. Não digo que estou feliz por não estar apaixonado e não estar de bem com o mundo. Gosto de me sentir estranho a tudo...
“Não ameis o mundo nem as cousas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele; porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procedem do Pai, mas procede do mundo.” (1 João 2.15-16).
Estar apaixonado é estar mais próximo da insanidade do que da razão. Que você perde a razão isso é fato. Eu apesar de já ser um Tiozão, viajo na maionese legal. Invado o fantástico mundo de Boby e assolo a terra do nunca e me junto a Peter Pan em viagens sul real.
O que vemos hoje é: Sentimentos de teledramaturgia. Tudo muito vazio e superficial.
Na realidade!!
É muito solteiro apaixonado e muito casal fingindo que se ama.
Quando alguém está apaixonado, começa por enganar-se a si mesmo e acaba por enganar os outros. É o que o mundo chama romance. “O velho é bom romance.” Isso fica mais intenso no inverno. Um bom vinho, uma lareira, a pessoa perfeita uma musica romântica. É isso mesmo! Novela Mexicana. Prefiro ficar com uma caneca de chocolate quente e um bom livro. O legal e saber que não estou só...Ando muito bem acompanhado comigo mesmo.
Nunca  diga, te amo se não te interessa.
Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem.
Nunca toque numa vida se não pretende romper um coração.
Nunca olhe nos olhos de alguém se não quiser vê-lo se derramar em lágrimas por causa de ti.
A coisa mais cruel que alguém pode fazer é permitir que alguém se se apaixone por você quando você não pretende fazer o mesmo. O Problema é que o coração jamais seguira a melodia do cérebro.
O que é que faz a gente se apaixonar por alguém? Mistério misterioso. Quando menos se espera um olhar, ou uma forma de carinho. Ai o tolo e enganoso coração se prende. Não é só porque ele é esportista, não é só porque ela é linda, pois há esportistas sem cérebro e lindas idem, e você, que tem um, não vai querer saber de descerebrados. Mas também não basta ser inteligente, por mais que a inteligência esteja bem cotada no mercado. Tem que ser inteligente e... Algo mais. O que é este algo mais? Mistério decifrado: é o jeito.
Se ficar assim me olhando, me querendo, procurando, não sei não, eu vou me apaixonar!
Quando damos conta, vem à mente uma paixão lá do passado! Depois sua mente manda um sinal para seu coração. Nesta aparecesse uma amor para recordar. Resumindo uma paixão atual parecida com uma do passado que te transformou em um perfeito idiota. Agora é hora de tirar os fragmentos do disco rígido do meu coração. Formatar meus pensamentos, emoções e excluir minhas vontades. Será que eu tenha medo de me apaixonar Novamente?
Muitas vezes não é medo de se apaixonar novamente, é só o Ante - Vírus avisando ao coração que pode ser mais um Cavalo de Troia. Não sei o que pode ser pior. Voltar a apaixonar-se ou uma crise Renal.

sábado, 18 de junho de 2016

A força de Uma Adoradora!!



Eyshila utilizou as redes sociais, nesta sexta-feira (17), para voltar a comentar a morte do filho, Matheus Oliveira, de apenas 17 anos, vítima de uma meningite. A cantora compartilhou uma foto do herdeiro e, além de falar sobre a dor, também fez questão de agradecer o apoio que tem recebido de familiares, amigos e fãs.
"Nesses últimos dias, temos derramado muitas, muitas lágrimas. Não temos chorado sozinhos, mas fomos acompanhados por uma multidão que clamou, orou e chorou conosco. Fomos abraçados e amparados pelo amor e pela compaixão dos irmãos que não somente oraram, mas choraram. E como choraram! Creio que o choro é um nível mais elevado de oração porque expressa a dor que meras palavras não podem traduzir", iniciou no Face book.
E continuou: "O Brasil e o mundo choraram diante do Senhor pela vida do meu filho. Quero agradecer imensamente em nome da minha família, e dizer que nossas lágrimas não foram em vão. Lágrimas não são esmolas que damos a algum pedinte que precisa matar sua fome momentânea. Lágrimas são joias muito preciosas, e devem ser depositadas no altar de Deus".
Permanecemos em oração pela vida da família.  Que o Espirito Santo console a todos. Por mais que temos a certeza que foi Deus que recolheu
Sempre há uma dor muito profunda, nos que perdem alguém que ama. Nesta hora surgem os questionamentos. Mas e as promessas que foram feitas? Mas, a minha família não está cercada por Deus. E a minha fé não foi capaz de levantar da cama? Por que... Porquê...  eu? Porque Deus permitiu? Passei por Isso, questionei, chorei me calei por um ano. E neste momento Deus se calou respeitando o meu momento. Mas uma coisa é certa ele não me abandonou. No momento certo ele respondeu. Apesar de não entendermos os designo dele. Tudo que ele faz é perfeito. O que eu aprendi com isso tudo, foi confiar e continuar confiando. Muitos atos da soberania de Deus não se explicam. Precisamos entender que Ele sabe o que faz, apesar de ser dura pra nossa realidade humana.  A dor de uma perda dói muito, senti quando perdi meu pai, somente Deus para nos confortar. Esse Clip do Voices reflete essa dor. O mais intrigante deste vídeo; e que a própria Eyshila está sendo consolada por sua irmã Lis Lane. Deus esta contando com agente para  falarmos sobre ele para aqueles que estão precisando ouvir uma palavra de acolhimento. Deus faz das nossas perdas testemunhos para outras vidas. Aguenta firme Eyshila a força que você Demonstrou está sendo expiração para muitas pessoas. Deus abençoe. 


Fonte: MSN - adaptado por Expresso Mineiro

sábado, 4 de junho de 2016

O Amor às Ovelhas ou o Dinheiro Delas? - Richard Baxter




Um coração vazio pode impedir a entrada de alguém, mas não um bolso vazio. Seu reino de graça sempre foi mais congruente com a desprezível pobreza que com a riqueza e a honra, e as riquezas dificultam muito mais a entrada que a carência; pois Deus escolheu "os que são pobres aos olhos do mundo para serem ricos em fé e herdarem o Reino que ele prometeu aos que o amam" (Tg 5.2).

Sei que "o trabalhador merece o seu salário" (Lc 10.7) e aqueles "que pregam o evangelho, que vivam do evangelho" (1Co 9.14). [...] No entanto, desejaria que os bem-intencionados ministros de Cristo levassem em consideração o que é aconselhável, e também o que é legítimo, sabendo-se que a salvação de uma alma é melhor que uma grande quantidade de dinheiro, e que nosso ganho, embora legítimo, é um ganho abominável, pois é pedra de tropeço para a alma de nosso rebanho. Tornemos o evangelho da graça tão pouco oneroso e incômodo quanto possível. Prefiro não aceitar o dízimo de meu rebanho que destruir as almas por quem Cristo morreu; e embora Deus tenha ordenado que aqueles "que pregam o evangelho, que vivam do evangelho" (1Co 9.14), prefiro sofrer todas as coisas que ser um obstáculo para o evangelho; e seria melhor morrer que permitir que algum homem transforme isso em minha honra inútil. [...]


Se a necessidade das almas e a promoção do evangelho exigir isso, prefiro pregar o evangelho maltrapilho e faminto que contender implacavelmente pelo que é legítimo; e se eu assim agir, não terei do que me gloriar, pois a carência se abaterá sobre mim; sim, que o infortúnio me persiga, se não pregar o evangelho, embora jamais tenha recebido algo dos homens. Quão impróprios são os mensageiros dessa graça e desse reino gratuitos se preferirem perder a alma e o coração de seu rebanho que perder um tostão daquilo que lhe é devido; se preferirem aborrecer as pessoas depondo contra a mensagem de Deus que tardar um pouco seus direitos, contendendo com elas em juízo pelo salário do evangelho, e transformando as boas novas que alcançam seu coração carnal parecer as tristes novas por causa desse fardo! Esse não é o caminho de Cristo e seus discípulos, nem a veneração da abnegada doutrina de entrega e de sofrimento que eles ensinaram. Fora com todas essas ações que vão contra o fim principal de nosso estudo e chamado de ganhar almas; e que o infortúnio acompanhe esse ganho que obstrui o ganhar pessoas para Cristo. Sei que a carne agora fará objeções por causa das necessidades, e a desconfiança não aceita argumentos; mas nós que temos o suficiente para responder às reservas de nosso povo, levemos algumas dessas respostas para casa para que ensinemos a nós mesmos antes de ensinar ao nosso rebanho. Quantas pessoas você conhece, por quem Deus sofreu, que passam fome na vinha do Senhor?
Assim como não pagamos nada pelo amor eterno de Deus, nem pelo Filho de seu amor, nem pelo seu Espírito, nem por nossa graça e fé, também não devemos pagar nada pelo nosso descanso eterno. [...] O coração quebrantado que conheceu o deserto do pecado entende e sente o que digo. Que pensamento maravilhoso pensar na insondável diferença entre o que merecemos e o que recebemos; entre o estado em que deveríamos estar e o em que estamos. [...] Ó, como foi de graça todo esse amor; e como foi de graça toda essa glória que desfrutamos. [...] A sabedoria infinita moldou todo o plano da salvação do homem em um molde de compra e de gratuidade, para que o amor e a alegria do homem possam ser aperfeiçoados, e a honra da graça, mais altamente desenvolvida; que o pensamento do mérito não obscureça a alegria e o amor do homem, nem obstrua a graça, para que a porta do céu se abra apoiada nessas duas dobradiças. Portanto, que: "Merecido", seja escrito no chão do inferno, mas na porta do céu: "O dom gratuito".


Fonte: Livro O descanso eterno dos santos