quinta-feira, 26 de julho de 2012

Vovô e Vovó




"Eternas figuras humanas que hoje queremos homenagear, contemplando com carinho os cabelos brancos, o profundo olhar, as rugas na fronte e na face, sinais da experiência e memória de tantos anos vividos. Que bom poder formar uma roda para ouvir com atenção os sábios conselhos, as palavras fartas, indicadoras de novos horizontes em nossa vida. Queremos tocar e sentir a energia que suas abençoadas mãos transmitem, e hoje, embora trêmulas, ainda semeiam os frutos da experiência de vida. Permita-nos, neste momento especial, acompanhar com ternura seus passos lentos, algumas vezes trôpegos, mas cheios da sabedoria que a vida lhes ensinou. Queremos abraçá-los e também aplaudi-los, com muita emoção e ternura, pedindo a Deus que os abençoe e lhes conserve a saúde. A esperança nos leva a crer que outros dias lindos acontecerão, pois vocês são frutos da mais bela obra que Deus colocou na nossa história."

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Feliz Dia do Amigo

Em todo tempo um Amigo


Um bom amigo te mostra o perigo
E também caminha contigo
Um bom amigo te traz um sorriso
E também uma lágrima se for preciso


Um bom amigo te faz sonhar
E também te faz acordar
Um bom amigo segura a mão
E também te dar um empurrão
Um bom amigo te fala com sinceridade
E também não esconde a verdade


Um bom amigo, amigo vai ser
Mesmo quando você não conceder.

O amigo não é apenas de um dia
Nem de um momento
O amigo é de uma vida
Uma parte que completa o todo
E que sem ela se perde a beleza do conjunto

O amigo é a pequena nota
Que forma o acorde perfeito
Da melodias dos sonhos, alegrias e até tristezas
Que toca na alma fazendo-a dançar
E até embala uma cantiga de ninar

O amigo é o sujeito da frase com quem se pode contar
É a rima da poesia que forma a essência do verso
O amigo é o X da questão
Porque a pergunta é sempre a vida
E a resposta é o amigo que te mostra o caminho e estende a mão.

terça-feira, 17 de julho de 2012

COM QUE GRAVATA DEVO IR?




Afinal de contas de onde surgiu a
gravata?




O termo gravata deriva do francês "cravate", que por sua vez é uma corruptela de "croat", em referência aos croatas, que primeiro apresentaram a indumentária à sociedade parisiense. Provavelmente, a primeira utilização de objetos de forma semelhantes às gravatas hoje conhecidas foram identificadas entre os egípcios. Arqueólogos identificaram em torno do pescoço de múmias egípcias uma espécie de amuleto conhecido como “Sangue de Ísis”. Esse objeto em ouro ou cerâmica possuía a forma de um cordão arrematado com um nó, cuja função seria de proteger o finado dos “perigos da eternidade".
Outra possível origem da gravata remonta há milhares de anos, quando os guerreiros do imperador chinês Shih Huang Ti’s usavam um cachecol com um nó em volta do pescoço como símbolo de status e de elite entre as tropas, de forma semelhante à gravata hoje conhecida.
Até uma época recente, imaginava-se que os romanos fossem os pioneiros no uso da gravata, como ilustra a famosa coluna de Trajano, em que pode ser visualizada ao nível do pescoço uma peça semelhante à gravata, conhecida como focale. Acredita-se que este acessório tenha sido utilizado pelos oradores romanos com o objetivo de aquecer suas gargantas. Atribui-se a introdução da gravata aos soldados croatas a serviço da França durante a guerra dos trinta anos. Os pedaços de tecidos, atados ao pescoço dos soldados com distintivos laços, teriam causado enorme alvoroço em toda a sociedade parisiense. Tal acessório era usado como distintivo militar pelos croatas, sendo de tecido rústico para os soldados e de algodão ou seda para os superiores.
Esses acontecimentos encontram-se no livro francês “La Grande Histoire de la Cravate” (Flamarion, Paris, 1994), conforme a seguinte passagem:
“Por volta do ano 1635, cerca de seis mil soldados e cavaleiros vieram a Paris para dar suporte ao rei Luis XIV e ao Cardeal Richelieu. Entre eles, estava um grande número de mercenários croatas. O traje tradicional destes soldados despertou interesse por causa dos cachecóis incomuns e pitorescos enlaçados em seu pescoço. Os cachecóis eram feitos de vários tecidos, variando de material grosseiro para soldados comuns a seda e algodão para oficiais”. Os franceses logo se encantaram com esse adereço elegante e desconhecido, que chamaram de cravat, que significa croata. O próprio rei Luis XIV ordenou que seu alfaiate particular criasse uma peça semelhante ao dos croatas e que a incorporasse aos trajes reais.

Dicas de estilo

Meias brancas com sapatos pretos, calças acima da cintura ou demasiado curtas, são exemplos comuns de erros graves em termos de estilo.

Jamais use roupas com manchas (café, molho de tomate, etc). O ideal é ter sempre uma calça e uma camisa sobressalente no escritório ou no carro.

Sua roupa deve estar de acordo com o seu corpo. A cintura das calças deve estar na altura dos quadris e a bainha - quando estiver em pé - deve tocar na sola do sapato.

Não use cintos com fivelas espalhafatosas. Fivelas gigantes cheias de cor e de motivos, geralmente, desvalorizam o visual. Esqueça tudo que seja excessivo e que chame muito a atenção.

Evite roupa com grandes logotipos de marcas.

Por muito baixo que seja, nunca use plataformas ou solas compensadas. Os sapatos mais simples são, na maioria das vezes, os mais indicados. Escolha sapatos com sola de borracha para usar num visual mais esportivo e sapatos de sola rija, mas baixa, para usar com terno. Tenha também um par de tênis simples que possa usar em momentos mais casuais.

Para quem decidir usar perfume, que seja usado discretamente, de forma que seja sentido somente ao se aproximar das outras pessoas.

Para combinar sapatos e meias:
Para calça de cor clara (cinza ou bege) o ideal é usar sapato café, marrom ou caramelo e a meia da mesma cor do sapato.
Para calça preta o ideal é usar sapato e meia pretos.
Calça cinza escura pode ser usada com meia preta ou cinza.
Diante de tantas variações de cores do jeans, valem duas regras:
Para calças jeans em tons claros o ideal é usar mocassim ou sapatênis caramelo ou bege e meia da mesma cor do sapato.
Os mocassins sem meia combinam bem com trajes informais.
Para calças jeans escuras é ideal usar mocassim ou sapatenis marrom escuro. O preto é permitido apenas nas lavagens azuis bem escuras ou que tendem para o cinza ou preto.
Para calça azul, o ideal é usar sapato café ou preto e meia da mesma cor do sapato.
Calça branca combina com lugares informais e são ótimas para o litoral. O ideal é usar sapato ou sapatenis brancos ou beges sem meia. Nunca usar sapato preto nessa combinação pois pesam no visual e atraem a atenção para os pés.
Estilo Retrô Moderno
Ternos sequinhos, calças justíssimas, mais skinnies que o skinny, rosa, roxo e brilho… Não há dúvida, o estilo retrô está a todo vapor, mas claro, com um toque moderno. Tudo aparentemente pensado para os mais magrinhos.

Nesta onda, entra também as gravatas e, com um pouquinho de bom senso e jogo de cintura, quase todos podem embarcar nessa moda, afinal, a gravata skinny já tem um lugarzinho reservado no guarda-roupa de qualquer homem jovem e moderno. E não é como enfeite não.

A não ser que você seja magrinho, use ternos bem sequinhos e tenha um estilo mais ousado, evite apostar numa superskinny (entre 4 e 5cm), prefira as mais larguinhas, entre 6,5 e 7cm, que são mais fáceis para combinar. O mesmo conselho é para aqueles que têm o tórax mais largo ou volumoso, pois a skinny muito fininha fica "perdida" no tronco.
Esses modelos mais larguinhos começam a ser conhecidos como Slim ou Slim Fit.
Ela é uma ótima opção para se usar em eventos noturnos e formais como casamentos (mesmo durante o dia… exceto para padrinhos, noivo e pais dos noivos), festas, jantares, recepções que exijam o bom e velho terno. Ela dá uma diferenciada imediata e rejuvenesce num passe de mágica. E nunca fica entediante visualmente. Se usada com uma bela estampa ou na cor vedete da estação então...

Bem, mesmo para os modelos Slim Fit, existem algumas regrinhas: para usar a sua skinny com terno, tanto o colarinho da camisa, como a lapela do paletó não podem ser largos ou grandes demais. Eles têm que comportar e se adequar à escala da gravata. Já o seu nó, pode ser o simples se você desejar manter o look super skinny, ou um meio Windsor ou mesmo Windsor para situações mais imponentes ou quando quiser uma skinny mais substancial. Só acrescentando que um nó mais bojudo como os dois últimos dão um arremate melhor.
E ainda… o paletó não pode ser larguinho não, tem que ser bem ajustadinho, com as mangas no lugar certo, caso contrário a gravata vai acabar sendo engolida pela “grandiosidade” do traje, o que seria um grande erro. O mesmo pode ser dito em relação ao jaquetão: um duplo não!
Outras maneiras de usar a sua skinny é de forma absolutamente casual chic com camisas de manga longa repuxada e pra fora da calça e com as de manga curta sem blazer nem nada pra dentro do jeans, com um suéter em V bem vertiginoso e camisa com o colarinho desabotoado…
Ou ainda com um terno de paletó zipado aberto ou mesmo o clássico com as proporções adequadas e camisa com colarinho undone (mais abertinho) e um tênis tipo Adidas nos pés.

Vai muito bem também com uma calça jeans escura e reta. Tênis de baladas, sapatênis, mocassins ou abotinados são o suficiente para arrematar o look casual chic.
Como deu pra ver, opções não faltam…

O nó:
O nó é muito importante e deve criar harmonia com o colarinho, proporcionando elegância e conforto.
A largura da gravata deve ser igual ou menor que a largura da lapela.
Um nó somente é considerado bem feito quando se encaixa elegantemente no ângulo formado pelo pescoço, preenchendo o colarinho.
Aconselhamos a não modelar os nós para obter um triângulo eqüilátero, mas sim, deixar uma leve assimetria, que dará maior elegância ao conjunto. Outra pequena sugestão é procurar sempre obter o efeito "colher", imprimindo com o indicador um rebaixamento na perna, logo abaixo do nó.

O Estilo:
A perna maior da gravata deve-se apoiar sobre o cinto e a perna menor nunca deve aparecer.
Em nenhuma hipótese a gravata deve ser usada dentro da calça ou da camisa.
Nó pequeno: é indicado para gravatas grossas e colarinhos estreitos.
Nó cruzado: é um nó elegante, mas muito elaborado. É utilizado com gravatas finas.
Nó simples duplo: É indicado para colarinhos italianos e gravatas ligeiramente finas.
Nó Windsor: também conhecido como nó inglês ou nó clássico. É um nó bastante volumoso, fica melhor com colarinhos largos, como por exemplo o colarinho italiano, e com gravatas de tecidos mais leves.
Nó Semi-Windsor: Este tipo de nó é uma alternativa entre o Windsor e o nó simples. Discreto, é indicado para os mais tímidos e menos ousados.Taí meus queridos a História e dicas de um acessório, muito importante para homens elegantes e que gosta de usar gravata.

Fonte de Pesquisa Wikipédia e Dr: Gravata

Ser Elêgante



Andar chick também é coisa de homem. Foi se o tempo que homem tinha que ser desleixado, relaxado para mostrar masculinidade. Elegância masculina neste século

Tornou se primordial em todos os aspectos. Estar com uma aparência elegante, é bom

Para quem observa como também para quem esta sendo observado. A elegância masculina começa, no seu corte de cabelo, barba bem feita, indo até ao perfume que se usa. Isso meu amigo não é um luxo é um cuidado especial com sua aparência. Nada de usar qualquer corte de cabelo, deixar a barba por fazer, ou usar qualquer perfume ou vestir o que tem. Particularmente eu faço meu estilo e o meu cheiro.Não gosto de ser extravagante,mas também não quero passar despercebido.por isso sou muito observador e procuro sempre pesquisar para me manter informado e atualizado em todos os quesitos.

O terno e a gravata são peças que esbanjam o lado masculino e elegante de todo homem e ainda remete o lado sério de cada um. Como para todas as coisas existem regras essa combinação não fica de fora, se você não sabe como combinar a gravata com o terno, veja algumas dicas que podem ajudar você na hora de ficar mais charmoso:

- Para o cotidiano o correto é utilizar em gravata lisa, ou seja, com um cor só. Procure combinar tom sobre tom ou mesmo abuse das cores quentes na gravata e cores frias na camisa e no terno.

- Para gravatas estampadas procure por ternos que não sejam muito chamativos. Aposte no clássico preto, ou mesmo no cinza. Os modelos risca-de - giz são ótimos modelos para se combinar gravatas estampadas, mas lembre-se de usar ternos com cores frias para esse tipo de gravata. A camisa deve fazer um fundo, se você for usar um terno preto, por exemplo, procure uma camisa branca, preta ou algum sobre tom da gravata. Para achar o sobre tom de uma gravata estampada dê preferência a cor que mais se destaca.

- Na hora de comprar ou alugar o modelo de terno veja como anda seu corpo. Se você está em boa forma opte por modelos fit, que deixam o homem muito mais sensual. Se você anda acima do peso prefira os modelos clássicos ou o famoso.corte Italiano

- Os ternos claros combinam com camisas claras como as brancas ou azuis e uma gravata sobre tom ou o mais formal possível.

- Nunca use uma camisa estampada com uma gravata também com estampa. Além de dar muita “informação visual ao mesmo tempo“, você ficará totalmente fora de moda. Se você for usar uma camisa estampada prefira terno e gravata lisos, ou seja, apenas uma cor que deverá estar em harmonia com a gravata.

- Para as famosas camisas cor- de -rosa, procure usar tom sobre tom ou gravatas lisas, que assim você nunca erra. Para ter certeza que você está bem coloque uma gravata preta que combina com tudo.

- Outra dica que não tem nada a ver com gravatas mas com os ternos e a cor da meia ideal. Corra das meias esportivas e prefira as meias finas sociais. Para combinar a meia com o resto da roupa, você deve ou combiná-la com o terno ou combiná-la com o sapato, assim se você está usando um terno cinza e um sapato preto você pode optar por usar uma meia preta ou cinza.

Pois é amigo, procure ficar por dentro. Faça bonito, crie o seu estilo, mas não viole os padrões de elegância. Nada de usar terno com tênis branco ou sapa tênis. Tenho visto alguns jornalistas, atores, apresentadores, lideres políticos e religiosos cometerem esse erro e é lastimável. Se liga!

Fonte de Pesquisa:Terno da Moda

O Segredo da Felicidade



Certo jovem perguntou a si próprio qual seria o segredo da felicidade. Pensou que a felicidade estivesse no próximo, mas logo descartou essa possibilidade.
- Não! Que loucura a minha achar que a felicidade é encontrada no próximo. Quem precisa do próximo para ser feliz? Eu não preciso!
Após essa reflexão, ele viu atravessando a rua uma linda jovem com muitas sacolas, tudo indicava que ela estava saindo de um shopping. No seu semblante transmitia felicidade. O jovem logo pensou.
" Sim. A felicidade é encontrada no dinheiro, no poder. Tendo dinheiro e poder serei feliz. Quem precisa amar o próximo? Eu não preciso, aliás, é maior burrada pensar nisso."
Aquele jovem havia passado por uma grande traição. Seu melhor amigo o traiu. Traiu sua confiança, quando o viu namorando a garota que ele era a fim.
- Jamais o perdoarei por isso. De mim ele nunca ouvirá a palavra perdão.
E aquele jovem cresceu. Cresceu e tornou-se um homem amargo, frio e calculista. E o seu desejo de obter poder? Ele conseguiu. Tornou-se um grande empresário. Estava sempre rodeado de pessoas que aparentemente o amava, mas que na verdade o bajulavam, o olhavam apenas pelo o que ele tinha e o que era. Mas com o tempo, após ter conseguido tanto dinheiro, tanto poder, ele começou a refletir mais.
- Espera aí... O que eu mais queria na vida é ser feliz. Sempre almejei a felicidade constante. Mas onde ela está? Eu ainda não a tenho. Toda felicidade que tive até hoje foi passageira.
Disse ele para si próprio, diante de uma lareira, em sua casa na Serra. E quem estava com ele? Ninguém. Somente ele. Somente ele e sua reflexão. Em meio a tudo aquilo, ele deixou rolar uma lágrima. Percebendo isto, enxugou seu rosto e esbravejou:
- Que é isso? Por acaso não sou eu o maior e mais famoso empresário que essa cidade já teve? Então, por que essa lágrima? Por acaso sou aquele otário do meu amigo que roubou minha garota e que hoje vivem num subúrbio com seus dois filhos, que, aliás, são lindos. Não, não sou. Eu sou Pedro Medeiros.
Mas quem é Pedro Medeiros diante de Deus? Um homem incapaz de ser humilde, de ser bom e ter misericórdia. Saiba que pessoas como estás, Deus não os reconhecem como filho seu e muito menos gozam da verdadeira felicidade. Mas, afinal, qual é o segredo da felicidade? O dinheiro? O poder?
A palavra do Senhor diz em (Colossenses 3.12-17), que para conseguir a felicidade é preciso que estejamos revestidos, que nos consideremos eleitos de Deus, que possamos ter misericórdia, mansidão, bondade, humildade e longanimidade. Que é preciso suportar uns aos outros e perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o senhor vos perdoou, assim também perdoai vós.
Acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição.
" Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como bronze que soa ou como o símbolo que retine.
Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei (...).
O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal, não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre tudo crê, tudo espera, tudo suporta (...)", 1 Coríntios 13.

Deus é o autor de nossa história e nós somos co-autores que sempre estamos contrariando as escolhas de Deus. O fim da história de Pedro poderia ser um final feliz, como sempre gostamos de ouvir. Poderia muito bem dizer, que ele ouviu essa mensagem e se redimiu, pois bem... Foi realmente isso que lhe aconteceu. Alguns anos depois, ele estava sentado à espera de seu vôo, quando se assentou ao seu lado um jovem. Aparentava ter uns quinze anos, mas não era um jovem qualquer, era um jovem de Deus. Sabe naqueles momentos em que estamos tristes, perdidos em nossas dúvidas e de repente aparece aquele enviado de Deus e te conforta com uma palavra. Foi isso que aconteceu. Aquele jovem percebeu a tristeza escondida naquele olhar frio e não temeu em falar sobre o salvador, pois devemos ser assim, quando Deus nos enviar para uma obra, não devemos contestá-los e sim agir. E aquele jovem falou acerca da vida de Deus, que é o maior amante do mundo.
“ Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu único filho, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” ( João 2;16).

O homem manteve-se fechado e frio, somente ouvindo o que o jovem falava. Mas aquele jovem sabia que o mais difícil já tinha feito, plantou uma semente no coração daquele homem, pois ele aceitou ouvir o que Deus tinha para ele. No final, o jovem entregou-lhe um panfleto.
O tempo passou. O jovem sempre orava para que aquela semente começasse a brotar e pudesse a vim dar frutos para o Senhor. Pedro não era o mesmo desde que ouviu a palavra do Senhor, mas também não queria aceitar facilmente essa mudança.
- O que está acontecendo com o meu íntimo? Nunca senti esse sentimento de compaixão, aliás, já senti, mas logo fui decepcionado.
Muitos podem achar que isso é apenas uma história, que ficção tudo possível, mas saiba que a oração de um justo é capaz de mover montanhas.

Numa certa noite, quando aquele jovem estava pregando no culto de Mocidade, um visitante já esperado apareceu. Já esperado porque Deus prometeu fazer a obra na vida daquele homem, e o que Deus promete Ele cumpre. Na hora do apelo, o jovem perguntou se havia alguém naquela noite que estivesse disposto a aceitar a Cristo em espírito e em verdade. Aquela semente que estava brotando levantou-se em meio à chuva, ou seja, em meio a lágrimas e confessou o nome do Senhor. No final do culto, Pedro conversou formalmente com aquele jovem.
- Chamo-me Davi. Aquele pequeno que lutou contra o gigante e ungido pelo Senhor venceu.
No meio da conversa, apareceram os pais do jovem. Para surpresa de Pedro aquele jovem que lhe falou sobre o amor de Deus, era fruto do amor entre seu amigo e sua ex-futura namorada. Não teve como controlar as lágrimas. Lágrimas que purificaram todo o seu ser. Que o transformou em um, outro homem.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Tráfico de pessoas



Moçambique continua a ser fonte, trânsito e destino de homens, mulheres e crianças vítimas do tráfico de pessoas, que posteriormente são sujeitos ao trabalho forçado e à exploração sexual.
Esta constatação faz parte do relatório do Departamento do Estado dos Estados Unidos da América sobre o Tráfico de Pessoas referente ao ano 2012, o qual refere que o recurso ao trabalho infantil forçado é comum na agricultura, nomeadamente nas plantações de tabaco e nas atividades comerciais nas zonas rurais do país, muitas vezes com a cumplicidade dos pais ou encarregados de educação.
Segundo o documento, mulheres e raparigas das zonas rurais continuam a ser atraídas para as cidades em Moçambique ou na África do Sul com promessas de emprego ou educação, e quando lá chegam são envolvidas em trabalhos domésticos ou no comércio sexual, enquanto jovens e rapazes moçambicanos são submetidos ao trabalho forçado nas plantações e nas minas da África do Sul, onde muitas vezes trabalham por vários meses sem remuneração e em condições desumanas e coercivas, antes de serem entregues à polícia local para serem deportados como imigrantes ilegais.
Por outro lado, alguns adultos moçambicanos são usados para o trabalho forçado e prostituição forçada em Portugal, situação na qual se encontram algumas mulheres e raparigas do Zimbábue e Malawi que voluntariamente migram para Moçambique.
Negócio envolve redes nigerianas e asiáticas...
Entretanto, este “negócio”, não é só feito por redes moçambicanas e/ou sul-africanas, que são normalmente informais. Existem sindicatos chineses e nigerianos de tráfico de maior dimensão que se encontram ativos em Moçambique.
Há também contrabandistas estrangeiros do sul da Ásia que deslocam emigrantes oriundos daquele continente sem documentos por toda a África, incluindo Moçambique.
Prova disso é o fato de, ultimamente, cidadãos e empresas asiáticas implantadas em Moçambique estarem a pagar custos iniciais de viagens de imigrantes bengalis e paquistaneses ilegais, os quais mais tarde são mantidos em cativeiro e em trabalho forçado.
… e funcionários do Estado
Durante o ano passado, foram relatados casos de funcionários do Estado que facilitavam o tráfico de seres humanos. Geralmente, os traficantes subornavam os agentes da polícia para poderem movimentar as suas vítimas dentro do país e através das fronteiras para a África do Sul e Swazilândia, às vezes sem passaportes.
Em Janeiro deste ano, a polícia na cidade da Beira, província de Sofala, anunciou a detenção de dois funcionários dos Serviços de Identificação Civil por alegadamente fornecerem bilhetes de identidade moçambicanos a quatro cidadãos estrangeiros.
Atualmente decorre uma investigação em curso no posto fronteiriço de Ressano Garcia, na província de Maputo, numa clara tentativa de erradicar a “corrupção oficial” e a possível cumplicidade de funcionários do Estado em atos ilícitos, que podem ou não incluir o tráfico de pessoas.
As fontes reportaram ainda uma investigação em curso no posto fronteiriço de Ressano Garcia, na tentativa de erradicar a corrupção oficial e a possível cumplicidade em actos ilícitos, que podem ou não incluir o tráfico.
Governo tem de se esforçar mais
Para o recrudescimento deste tipo de crime contribui o facto de o Estado moçambicano não estar a cumprir integralmente os padrões mínimos para a sua eliminação, embora esteja a envidar esforços significativos para tal.
Por exemplo, em 2011 o Governo continuou a incrementar os seus esforços na aplicação da lei anti-tráfico, incluindo o número de julgamentos realizados, que duplicou, totalizando 11. Destes, sete resultaram em condenações, alguns dos quais com penas significativas de prisão, ao abrigo da Lei anti-tráfico de 2008.
No que diz respeito à prevenção, o Governo demonstrou pouco progresso nos esforços de prevenção do tráfico.
O Ministério da Justiça iniciou a elaboração do regulamento dos aspectos não criminais da Lei anti-tráfico que abordariam a assistência às vítimas, e em Março deste ano a Assembleia da República aprovou um projeto de lei de proteção das vítimas e testemunhas de todos os crimes, incluindo vítimas do tráfico e daqueles que colaboram com as autoridades policiais e judiciais na investigação e julgamento dos casos de tráfico de seres humanos.
Porém, o Governo providenciou um financiamento limitado às organizações não-governamentais (nacionais e internacionais) que realizam trabalhos de combate ao tráfico em Moçambique. Os funcionários do Estado continuam a depender das ONG´s para o fornecimento de abrigo, aconselhamento, alimentação e reabilitação das vítimas.
O Estado não tem procedimentos formalizados para a identificação de potenciais vítimas de tráfico e o seu encaminhamento às organizações que fornecem serviços de proteção. A Unidade de Assistência à Mulher e à Criança Vítimas de Violência, sob tutela do Ministério do Interior, continua a funcionar em mais de 200 esquadras da polícia em todo o país que providenciam abrigo temporário a um número desconhecido de vítimas.
A par disso, o Governo ofereceu uma assistência muito limitada aos repatriados vítimas do tráfico, assim como não concedeu um estatuto de residência temporária ou alternativas legais à transferência das vítimas estrangeiras para países onde pudessem enfrentar dificuldades ou represálias e continuou a deportá-las sem fazer o rastreio da detecção de uma possível ameaça.
Recomendações
Face a estas constatações, o Departamento dos Estados Unidos da América recomenda o Estado moçambicano a tomar medidas concretas para finalizar e promulgar os regulamentos necessários para a aplicação das disposições de proteção e prevenção da Lei anti-tráfico de 2008, desenvolver um sistema formal de identificação pró-activa das vítimas do tráfico no seio das populações vulneráveis e o encaminhamento destas aos serviços da Saúde.
O Estado deve igualmente continuar a capacitar a unidade policial anti-tráfico, a Inspeção do Trabalho e as unidades de Assistência à Mulher e à Criança Vítimas de Violência para que estas possam investigar os casos de tráfico e garantir proteção às vítimas o mais cedo possível.
Paralelamente às medidas acima descritas, deve-se continuar a formar agentes em matérias de identificação de vítimas, especialmente nos postos fronteiriços, concluir o plano de acção nacional para a coordenação dos esforços do Governo com os recursos alocados para a sua implementação, investigar as denúncias de tráfico de seres humanos e julgar e condenar de forma vigorosa as pessoas implicadas.

Fonte: Mobilização Mundial

domingo, 15 de julho de 2012

Eu sei... Deus também sabe!


Eu sei...
Eu sei como é se segurar e deixar para chorar só quando ligar o chuveiro, assim ninguém percebe. Eu sei como é refletir sobre a vida antes de dormir e se certificar de que ninguém está ouvindo para começar a soluçar. Eu sei como é sofrer tão dolorosamente que as vezes você precisa fingir que vai ao banheiro, ou beber água, apenas para lavar o rosto e se recompor. Eu sei como é ter os olhos úmidos e aquele medo de que não seja forte o suficiente para segurar as lágrimas quando está em público. Eu sei como é sentir aquele nó enorme na garganta, que te sufoca, até que você cede e chora. Eu sei como é sentar na cama, pegar o travesseiro e chorar tanto, mas tanto, que se surpreende com o rio que terá que esconder da sua família. Acredite, eu sei como é tudo isso.

Vencer as lembranças dos conflitos e dos maus tratos que sofremos e as batalhas travadas em casa, na família e na vida, nos forjou para sermos vencedores. A família é o laboratório da nossa missão e é nela que Deus nos molda para enfrentarmos a vida e os desafios desconhecidos. Deus usou nossa família, nossa casa, nossos pais e irmãos para nos lapidar e, assim, nos preparar para enfrentar as grandes situações que sobreviriam.
Para semearmos um futuro de sucesso e de felicidade precisamos acertar nosso passado perdoando aos outros e a nós mesmos. Os princípios para construirmos esse futuro de sucesso e felicidade são: perdoar-se, perdoar aos outros e vencer as lembranças dos conflitos e maus tratos que sofremos!

Pratique estes princípios e você irá superar todas as lembranças negativas que têm lhe prejudicado e te amarrado até hoje!

Perolas do Orkut

VENCENDO SEUS MEDOS

Analise seus medos

Com a sua lista de medos em mãos, peque outra folha de papel e anote o motivo pelo o qual você não precisa ter mais medo daquele medo. Por exemplo, se você tem medo de aranha, anote que você só foi mordido uma vez em vinte anos por uma aranha e que as chances de isso acontecer novamente são mínimas. Se tiver medo de falhar em seu próximo negócio, note que você só falhou no último porque não analisou e não planejou bem os seus passos antes de começar. Se tiver dúvida em relação a um relacionamento, compreenda que nem todas as mulheres ou homens são iguais, pois você mesmo conhece duas ou três pessoas com quem gostaria de se relacionar afetivamente. Jogue o máximo de informação consciente sobre a sua lista de medos e enxergue o potencial que existe em você quando parar de se preocupar com o seu passado e previr o futuro baseado nessas experiências frustrantes.

QUEIME OS SEUS MEDOS E OLHE PARA FRENTE
O passado foi bastante interessante e lhe rendeu muitas experiências, mas as bases do seu futuro estão na segunda folha de papel e não na primeira. Portanto, queime a primeira folha e fique somente com a segunda e a partir dela se posicione no presente e a utilize como ferramenta para se lembrar de como escapar das falhas do passado. Este exercício o fará ter mais confiança em si mesmo e coragem para seguir olhando para frente.

Sabendo as razões dos seus medos e dúvidas e, posteriormente, sabendo quais são os seus talentos inatos, você conseguirá finalmente entender que é um ser humano em desenvolvimento e não uma peça perfeita de mostruário da humanidade. Estamos nos desenvolvendo e nesse processo cometemos alguns atos que não nos fizeram bem, só isso. Entenda esta beleza de aprender com os seus erros, seus medos e dúvidas e siga em frente consciente do que pode fazer quando a mesma situação do passado se apresentar novamente à sua frente. Insista em você.

Perolas do FaceBook

CORPO DIVIDIDO


Eu sou de Paulo, eu sou de Apolo. ( O Corpo dividido)

Guerra, rivalidade, superioridade. Isso sim é o prazer humano. Uma disputa pelo poder que traz divisão, contenda e muita tristeza. Pessoas não defendem uma causa e sim uma idéia. Hoje em dia uns dizem: Eu sou do apóstolo A, eu sou do Bispo B e outros eu sou do pastor C.
Por acaso Paulo ou Apolo morreram por ti?
A luta é nítida, basta olhar para a mídia, vemos pastores acusando pastores, congregação que usa de marketing (estratégia humana) para ter sucesso ministerial, vendendo uma idéia que aquele ministério é o escolhido e único. Usando desta estratégia obrigam os fieis dizerem frases tipo: “esse ministério mudou minha vida, quando eu conheci esse ministério tudo mudou”. E esses “fieis” iludidos compram e vestem a camisa de tal ministério.
O que me chama muito atenção no Protestantismo atual são os cultos (que pra mim estão mais para uma reunião religiosa do que um culto ao DEUS VIVO) a moda da casa. Tem à gosto do Freguês: "culto da vitória, da conquista, do sucesso, da felicidade, etc". Garçom por favor, por favor, quero hoje ouvi uma palavra de vitória e conquista com bastante molho de alegria. Isso mais se assemelha com um comércio. Pois é amado leitor, as denominações hoje são quase um Drive-Thur.
Não posso esquecer-me de comentar sobre os cultos da mocidade atualmente. São basicamente estes: “vai jovem” e “vem jovem”. Esses cultos Vai-Vem só massageia o ego da juventude. Os jovens são instruídos a usar camisas e adereço do culto Vai-Vem jovem. Levam a marca de um ministério, mas quase nunca do evangelho (na maioria das vezes). E eles têm orgulhos de dizer: Eu sou do culto vai, já eu sou do culto vem.
Os valores do Cristianismo precisam ser revistos. O Fanatismo Gospel deve cair por terra em nome de JESUS. Devemos admirar honrar e servi homens de DEUS sim. Mas não devemos idolatrá-los. O foco do Cristianismo é Cristo e não o Ministério, culto ou um simples homem.
Devemos defender a causa de Cristo e não a idéia de homens. Devemos morrer pelo evangelho e não pelo fanatismo. Devemos conhecer a verdade que é Jesus e nos libertar dessa vã doutrina que assola as congregações existentes em todo o mundo. Precisamos da Sã Doutrina, precisamos da palavra, precisamos nascer de novo, precisamos de Jesus.

sábado, 14 de julho de 2012

Dia do Homem


Hoje além do Dia Internacional da Mulher nós temos o Dia do Homem. Embora seja comemorada no dia 19 de novembro em todo o mundo, no Brasil a data oficial é 15 de julho. Mas para que serve o Dia do Homem?
…Assim como as mulheres, os homens têm a sua importância lembrada e aproveitam a data para receber um pouco mais de atenção de suas parceiras. Infelizmente para nós homens, nosso dia não tem tanta repercussão quanto o das mulheres.
Muita gente conhece o Dia do Homem, mas não dá importância. Os homens merecem ter o seu valor reconhecido pela sociedade afinal nós, somos pais, esposos, trabalhadores e em muitos casos sustentam uma família inteira. Muita gente esquece que os homens não são todos machistas e ignorantes como foram um dia, muitos de nós aprenderam a entender as mulheres.
…O dia da mulher ganha maior projeção pela maternidade, o contato máximo entre a mãe e o filho. Os homens não têm um contato tão intenso, mas ainda assim somos extremamente importantes na formação de um cidadão. Cada sexo cumpre a sua função na sociedade e todas devem ser reconhecidas.
O Dia do Homem é usado também para conscientizar a população masculina para que cuidem de sua saúde. Muitos Del nós acham perda de tempo fazer exames de rotina e às vezes mesmo tendo um problema, não vão ao médico. Quando o assunto é exame de próstata então… tem uns que até mudam de assunto.
.
Essa falta de cuidado com o próprio corpo só prejudica os homens que no caso do câncer, têm um diagnostico tardio e vêem suas chances de cura bastante reduzidas. Preocupar com a saúde com certeza é a melhor forma de celebrar este dia fica a dica
…Por fim, não se esqueça de fazer um agradinho aos homens da sua vida mulheres. E a nós homens: Parabéns pelo nosso dia!


Fonte : Net

NADA É POR ACASO




Um dia, um rapaz pobre que vendia mercadorias de porta em porta para pagar seus estudos, viu que só lhe restava uma simples moeda de dez centavos e tinha fome.

Decidiu que pediria comida na próxima casa. Porém, seus nervos o traíram quando uma encantadora mulher jovem lhe abriu a porta. Em vez de comida, pediu um copo de água.

Ela achou que o jovem parecia faminto e assim lhe deu um grande copo de leite. Ele bebeu devagar e depois lhe perguntou:

- Quanto lhe devo?
- Não me deves nada - respondeu ela. E continuou:
- Minha mãe sempre nos ensinou a nunca aceitar pagamento por uma oferta caridosa.

Ele disse:
- Pois te agradeço de todo coração.
Quando Howard Kelly saiu daquela casa, não só se sentiu mais forte
fisicamente, mas também sua fé em Deus e nos homens ficou mais forte.

Ele já estava resignado a se render e deixar tudo.
Anos depois, essa jovem mulher ficou gravemente doente. Os médicos locais estavam confusos. Finalmente a enviaram à cidade grande, onde chamaram um especialista para estudar sua rara enfermidade.

Chamaram o Dr.Howard Kelly. Quando escutou o nome do povoado de onde ela viera, uma estranha luz encheu seus olhos.
Imediatamente, vestido com a sua bata de médico, foi ver a paciente. Reconheceu imediatamente aquela mulher e determinou-se a fazer o melhor para salvar aquela vida.
Passou a dedicar atenção especial aquela paciente.
Depois de uma demorada luta pela vida da enferma, ganhou a batalha.

O Dr. Kelly pediu a administração do hospital que lhe enviasse a
fatura total dos gastos.Ele conferiu, depois escreveu algo e mandou
entrega-lá no quarto da paciente. Ela tinha medo de abri-la, porque sabia que levaria o resto da sua vida para pagar todos os gastos.
Finalmente abriu a fatura e algo lhe chamou a atenção, pois
estava escrito o seguinte:
Totalmente pago há muitos anos com um copo de leite (assinado).
Dr.Howard Kelly.

Lágrimas de alegria correram de seus olhos e seu coração feliz rezou assim: Graças meu Deus porque teu amor se manifestou nas mãos e nos corações humanos.

7 coisas (que acontecem em igrejas) das quais você deve fugir se quer ser um crente de verdade.

“Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas operando grandes sinais e prodígios para enganar, se possível, os próprios eleitos.” (Mt 24. 24). A palavra de Jesus nos ensinando a sermos cautelosos com relação a ensinos contrários a Palavra de Deus, que virão de dentro de igrejas e realizados por falsos líderes, é algo que precisamos começar a observar com mais veemência. Nesse artigo vou listar 7 coisas que são contrárias ao que diz a Bíblia e que devem ser evitadas na vida de quem quer realmente seguir a Deus de verdade. Resista a essas coisas, fuja delas. 1-) Teologia da prosperidade Ao menor sinal dela, fuja. Se perceber pregações dizendo que Jesus era rico, que o jumentinho que Jesus andou era a BMW da época, cuidado, pois a teologia da prosperidade está se enraizando. Cuidado com ensinos que focam riquezas e prosperidade financeira como marca da bênção de Deus. Cuidado com ensinos que dizem que pobreza é maldição. Os ensinos da teologia da prosperidade não cabem na vida do verdadeiro servo de Deus. 2-) Oração ordenando e determinando a Deus Nunca faça isso! Fuja de pessoas que te ensinem a determinar coisas a Deus. Isso é absurdo. Nunca determine ou ordene nada a Deus. Quem faz isso é tolo e totalmente desprovido de temor. O verdadeiro crente ora em humildade e no temor do Senhor. 3-) Unções extravagantes (unção do riso, cai-cai, unção do leão, etc) O Espírito Santo equipa a igreja com dons proveitosos. O diabo equipa pessoas com carnalidade, tais como, ficar rindo feito um doido nos bancos das igrejas, ficar caindo no chão da igreja sem propósito algum, ficar andando de quatro como animais, ficar afirmando o aparecimento de dentes de ouro na boca de servos de Deus… O Espírito Santo não é palhaço. Fique atento com coisas como essas e fuja delas. Tem muito teatro e manipulação envolvidos, além, é claro, da falta de embasamento bíblico para tais praticas. Busque unções verdadeiras como a de servir, de orar, de evangelizar, de levar a cruz de Cristo… 4-) Venda de objetos “ungidos” Rosa do amor, cimento da casa própria, água ungida, martelo da justiça, toalhinhas… não oferte nada em troca dessas coisas. São ridículas! É um estelionato que ilude as pessoas! Deus age em nossa vida por meio da fé e não de objetos. Deus não cobra para abençoar. Não encha os bolsos de pastores travestidos de lobos! Quem adquire tais coisas quer barganhar com Deus e se dará mal. O verdadeiro servo de Deus foge disso e confia em Deus plenamente sem a necessidade de adquirir, tocar ou ver nada. 5-) Tietagem a artistas gospel Fuja da idolatria a personalidades gospel. Qualquer forma de admiração excessiva que te leve a colocar tal personalidade em um altar, é pecado. Histeria, choro descontrolado e sacrifícios por essas pessoas ofendem a Deus. Toda glória a Deus! Deus não divide sua glória, por isso, cuidado com a idolatria a artistas, que tem sido muito praticada atualmente dentro da igreja e que é destrutiva. 6-) Idolatria a líderes (apóstolos, bispos, missionários, pastores, etc.) Não coloque um líder, seja quem for, debaixo de uma infalibilidade que ele não tem. A palavra de qualquer líder está sujeita à Palavra de Deus. Só será correto o que o líder diz, se o que disser, estiver de acordo com o que Deus disse na Bíblia. Se você defende seu líder baseado em milagres, demonstrações de poder, etc, e não baseado na conduta dele ser de acordo com a Palavra, está errado. Líderes verdadeiros são instrumentos de Deus e mais nada. Cuidado com os falsos líderes que te levam a idolatra-lo. Servos de Deus só adoram a Deus. 7-) Cultos centrados no entretenimento Igreja não é clube, nem shopping, nem boate, nem parque de diversões. Igreja é local de proclamação da Palavra, glorificação de Deus, comunhão. Fuja de igrejas que querem competir com o entretenimento que há no mundo. Igreja não foi feita para entreter, mas para transformar vidas. E transformação é pelo conhecimento da Palavra da vida. Por isso, o culto deve ser centrado na Palavra e em Jesus Cristo.


 Leia mais no blog do autor: http://www.esbocandoideias.com

Um Passo além da solidão



“Os meus olhos estão postos continuamente no Senhor, pois ele tirará do laço os meus pés. Olha para mim, e tem misericórdia de mim, porque estou desamparado e aflito. Alivia as tribulações do meu coração; tira-me das minhas angústias, olha para a minha aflição e para a minha dor, e perdoa todos os meus pecados” (Sl 25. 15-18).
Um homem afirmou ter faturado no ano que passara mais do que seu pai em toda a sua vida; de dois em dois anos, trocava de automóvel; nunca saía sem seu cartão de crédito; barbeava-se duas vezes ao dia porque não sabia quem iria encontrar; cria em Deus, mas não necessariamente na igreja; disse ter tudo o que o dinheiro podia comprar, mas estava só, terrivelmente só!
Com certeza, a palavra “solidão” descreve a história de muita gente. É um sentimento que não escolhe suas vítimas. Jovens e idosos, ricos e pobres, santos e pecadores são seu alvo. T. S. Elliot expressou em um de seus poemas:
“Não é que queira estar sozinho,
Mas é que todos estão sós -
Ou assim parecem…”
É solitária a criança que sente não ser amada pelos pais; o adolescente que se sente rejeitado pelos outros; é solitário quem é alvo de risadas por um defeito físico, feiúra, retardamento mental ou excentricidade qualquer; vive em solidão a mocinha que pensa ser feia; o filho de pais separadosque passa a semana com um e o fim de semana com o outro; são solitários os casados que só tem em comum o leito que nem conjugal é mais, e nem mais conversam, apenas se agüentam. Por essa razão, Rollo May diz ser a solidão “uma característica das pessoas modernas” , e William Fletcher contado passageiro de um táxi em Nova York que recebeu um bilhete passado pelo motorista: “Em vez de gorjeta, prefiro que converse. Sinto-me solitário. (a) o Motorista”.
Na verdade, o único aspecto da criação original que Deus não considerou bom foi, segundo Gênesis 2.18, a solidão: “Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea.” Por isso, ocorreu o encontro de Adão e Eva, o encontro do homem com a mãe de todos os viventes (3.20), e de cada homem particularcom sua esposa.
HÁ SOLIDÃO E HÁ SOLIDÃO
Observe-se, no entanto, que nem sempre a solidão é um mal, pois existe a solidão-recolhimento, fuga-das-multidões, retiro.Jesus a buscou. Antes do início de Seu ministério, esteve em solidão no deserto (4.1,2, 14; cf. Mt 14.23; Mc 1.35; Lc 5.16; Jo 6.15), bem como antes de escolher os apóstolos (Lc 6.12, 13); ao saber da morte de João, o Batista (Mt 14.13). Também a recomendou aos apóstolos quando retornaram da missão enviada (Mc 6.30-32).
“Estar a sós” e “sentir-se só” não são a mesma coisa. Ficar algum tempo a sós é necessário para que haja uma trégua daspressões da vida, e pode, mesmo, ser altamente produtivo, pois o tempo a sós deve ser considerado como uma oportunidade de construir um relacionamento com você mesmo. Aprenda a meditar, a pensar ou, até, a abstrair-se de qualquer pensamento. No entanto, muita gente não sente serem momentos de solidão positivos e produtivos porque essa é uma solidão emocional, vem de dentro. Ela se torna terrível quando não há fé. Foi o caso de Judas Iscariotes. Homem de nome tão significativo ( Ioudas, gr. < Judah, hebr. ="louvor"), mas que caráter tão diferente do geral do grupo dosapóstolos: mesquinho (Jo 12.4, 5), traidor (Jo 6.64), ladrão (Jo 12.4-6). Sem fé, tornou-se um solitário no sentimento, no espírito; com remorso, matou-se (Mt 27.5) . Almas solitárias sem fé escolhem uma de duas saídas: tornam-se agressivas e odeiam as pessoas ou são misantropas, fogem de tudo e isolam-se.
CAUSAS
Não há dois casos iguais. Há incontável número de pessoas com problemas especiais de solidão. É a mulher solitária porque o marido não a acompanha a igreja; é o marido que sesente só porque a mulher se dedicou tanto aos filhos que se esqueceu do primeiro amor.
As causas são muitas: morte de um ente querido, traição por parte de um amigo, sentimento de estar atrapalhando após anos de produtividade ("síndrome do aposentado"), privação da personalidade (viramos apenas um número: Para a Secretaria da Receita Federal a pessoa se torna o 002.148.757-41, ou a conta 361.439-8 do banco no qual recebe o pagamento); separação espiritual de Deus. Há um triste caso de solidão na Bíblia : Jó (cf. Jó 19.13-19). Irmãos, parentes, amigos e conhecidos o desprezaram (cf. vv. 13, 14), empregados, a esposa (cf. vv. 15-17), mesmo as crianças (cf. v. 18) e amigos íntimos (v. 19) o abandonaram?! Que tremendo caso de abandono e solidão, pois por todos foi achado repulsivo, e tratado como estranho sem reconhecimento de autoridade e posição.
A solidão traz medo, senso de abandono e perda da dignidade.Por causa da solidão muita gente é levada ao alcoolismo, aos tóxicos, a comer demasiadamente, a dormir em excesso, ao suicídio.
A SOLIDÃO NÃO FAZ ESCOLHAS
Dissemos no início que a solidão não faz escolhas, e todos são atingidos. É ver os exemplos; Elias fora ameaçado pela ímpia Jezabel (1Rs 19.1, 2) e fugiu (v. 3), tendo entrado em profundadepressão (v. 4). Quarenta dias depois, ainda se sentia só (vv. 10, 14). A realidade é que não estava só: havia sete mil fiéis aoSenhor em Israel (v. 18). Davi fugia da perseguição movida pelo rei Saul. Escreveu na ocasião o Salmo 13 (cf. vv. 1-4). No Salmo 69.1-4, 18:
"Salva-me, ó Deus, pois as águas me sobem até o pescoço. Atolei-me em profundo lamaçal, onde não se pode firmar o pé; entrei na profundeza das águas, onde a corrente me submerge. Estou cansado de clamar; secou-se-me a gargante; os meus olhos desfalecem de esperar por meu Deus. Aqueles que me odeiam sem causa são mais do que os cabelos da minha cabeça; poderoso são aqueles que procuram destruir-me, que me atacam com mentiras; por isso tenho de restituir o que não extorqui. Aproxima-te da minha alma, e redime--a; resgata-me por causa dos meus inimigos.
Mesmo Jesus ficou só:
"Então foi Jesus com eles a um lugar chamado Getsêmane, e disse aos discípulos: Sentai-vos aqui, enquanto eu vou ali orar.E levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se. Então lhes disse: A minha alma está triste até a morte; ficai aqui e vigiai comigo." ( Mt 26. 36-38).
Voltando, verificou estar sozinho, pois os discípulos dormiram: "Voltando para os discípulos achou-os dormindo; edisse a Pedro: Assim nem uma hora pudeste vigiar comigo?" (v. 40).
Paulo:
"Procura vir ter comigo breve: pois Demas me abandonou, tendo amado o mundo presente, e foi para Tessalônica, Crescente para a Galácia, Tito para a Dalmácia; só Lucas está comigo, porque me é muito útil para o ministério. Na minha primeira defesa ninguém me assistiu, antes todos me desampararam. Que isto não lhes seja imputado." (2Tm 4.9-11, 16).
E, no entanto, todos venceram a solidão, Elias: "E depois do terremoto um fogo, porém o Senhor não estava no fogo; e ainda depois do fogo uma voz mansa e delicada." (1Rs 19.12). Davi: "Vejam isto os mansos, e se alegrem; vós que buscais a Deus, reviva o vosso coração. Porque o Senhor ouve os necessitados, e não despreza os seus, embora sejam prisioneiros." ( Sl 69.32, 33); Jesus: "Retirando-se mais uma vez, orou, dizendo: Pai meu, se este cálice não pode passar sem que eu o beba, faça-se a tua vontade." ( Mt 26.42);
Paulo: "Mas o Senhor esteve ao meu lado e me fortaleceu, paraque por mim fosse cumprida a pregação, e a ouvissem todos os gentios; e fiquei livre da boca do leão. E o Senhor me livraráde toda má obra, e me levará salvo para o seu reino celestial; aquem seja glória para todo o sempre. Amém" (2Tm 4.17, 18).
UM PASSO ALÉM DA SOLIDÃO
Entendamos que a solidão não é o objetivo de Deus para nós: "Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só" (Gn 2.18a); "Deus faz que o solitário viva em família; liberta os presos e os faz prosperar; mas os rebeldes habitam em terra árida" (Sl 68.6; cf. Jo 8.29).
John Donne muito bem o expressou numa sentença que se tornou clássica: "Nenhum homem é uma ilha, inteiramente desi mesmo; todo homem é um pedaço do continente, uma parte do mar..."
Então, para lidar com a solidão:
Primeira etapa: é preciso uma compreensão clara, ativa, positiva de que Deus é soberano. Ele tem um plano para cada um de nós, e Seu plano é sempre bom. Podemos contar com Sua providência para afastar de nós a solidão, a dor, a tristeza,e torna-las em bênção. Assim, reconheça que você nunca está sozinho; a todos os que conhecem a Cristo, Deus concedeu a Sua presença.
A Josué: "Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida.Como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei." (Js 1.5); aos cristãos:
"Não vos deixarei órfãos; voltareii a vós." (Jo 14.18).
Segunda etapa: aceite que nada acontece por acaso aos olhos do cristão. Tudo é ordenado por Deus que ama e que é soberano. Na verdade, é na solidão que você tem oportunidade de conhecer melhor a Deus, de ler a Bíblia, de orar, e de compreender que existe uma companhia que jamaisnos deixará.
Terceira etapa: pratique a arte de se comunicar em níveis espirituais mais profundos com outras pessoas. Ore para que oEspírito Santo conforte e encha o vazio do coração. Chore , se for o caso; lave o coração e a alma com essa válvula de escape que Deus lhe deu. Aprenda sobre a promessa especial da Escritura: "Pois eu bem sei os planos que estou projetando para vós, diz o Senhor; planos de paz. E não de mal, para vos dar um futuro e uma esperança." (Jr 29.11).
Quarta etapa: Peça a Deus que ponha na sua vida alguém maisnecessitado que você e que lhe ensine a ministrar a essa pessoa. A solidão só pode ser curada pelo amor. Você que não é solitário busque alguém, viva, dê amor. A solidão é superadaatravés da oração por outros porque quando oramos pelos outros, começamos a amá-los.
A resposta final à solidão se encontra numa comunhão íntima,sólida com Deus. Samuel Rutheford disse com muita felicidadeque "Nossas necessidades nos qualificam melhor para Cristo" . Envolva-se no projeto de Jesus Cristo: a expansão do Seu reino: "Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus." (1Co 3.9). Amém!

Autor Desconhecido

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Massacre contra Cristão na Nigéria

O Mundo Clama Por Socorro cristãs são perseguidos todos os dias em 50 países , todo dia varios cristãos são massacrados , mortos , queimados vivos com suas familias , e em 2010 teve uma das piores perseguições! Violência religiosa na cidade de Jos no norte da Nigéria assassinou quase 500 cristãos. Durante todo o fim de semana, o ataque dos muçulmanos do grupo étnico de fulani contra os pastores cristãos desta região tem atraído o pior fantasma no país. O número de mortos é difícil dizer exatamente. A imprensa local falou de 150 mortos, mas os dados do governo multiplicam esse número. De acordo com fontes do governo, três aldeias cristãs de Jos foram atacadas durante o fim de semana inteiro por grupos muçulmanos armados com facões. A imprensa local fala de vingança pelo assassinato de centenas de pessoas nesta cidade em Janeiro passado. O exército foi implantado na área e Presidente Goodluck Jonathan pediu que eles interrompessem o fluxo de armas. A maioria das mortes nas aldeias de Zot e Dogo-Nahawa são mulheres e crianças. De acordo com a BBC, dois locais foram destruídos, de acordo com o testemunho de um trabalhador de Stefanus de ONG. Um residente disse à agência Reuters que os atacantes vieram em Dogo Nahawa com armas de fogo. "Eles começaram a atirar ao ar para levantar as pessoas fora de suas casas, e uma vez que estavam fora os cortando com catanas." Jos localiza-se na metade do caminho entre o norte na maior parte muçulmano e cristãs regiões do Sul. Vamos nos unir em oração pelos cristãos da Nigéria.Não podemos ficar de braços, temos que levantar como igreja e contra-tacar com nossas armas Espírituais.

domingo, 1 de julho de 2012

Noiva Corrompida


Estou doente existe tanta dor em mim, E como se dias após dia estivessem pisando em meu ventre, existe um cheiro tão podre em mim, estou
suja, estou fraca, minha voz esta baixa quase imperceptível, mas eu grito por dentro: ”O que estão fazendo comigo?” Eu esperava meu noivo, mas e agora o que farei quando ele chegar?Ele não me reconhecera, pois esperava por uma virgem e eu me tornei uma prostituta. Estou com sede, estou com fome, estou com frio... Lembro-me dos dias em que eu bebia das águas vivas, me fartava na mesa do rei e era totalmente aquecida pelo Espírito Santo. Mas eu fui me perdendo, me esquecendo, me envolvendo com tudo que existe La fora. Eu sou a NOIVA CORROMPIDA, fui prostituída, fui calada, fui machucada, fui vendida...
 

Novembro Azul!!